Posts Marcados Com: Vieux Port

Marseille, ame ou odeie

Eu me apaixonei por esse cantinho de Brasil em terras francesas. Já tinha ouvido falar que Marseille era a mais latina das cidades francesas, “un petit Rio” navegando do lado do oceano de Napoleão.

Muitos a odeiam, justamente por esse caos (tão brasileiro) que ela apresenta. Dizem que ela é suja, violenta e barulhenta. Porém, seus desafetos têm que engolir essa que é a segunda maior e a cidade mais antiga da França, que apresenta o mais importante e o maior porto comercial do país.

A própria Marseillaise, hino nacional da França, vem de Marseille. A população local abraçou com entusiasmo a Revolução Francesa e 500 voluntários marcharam para Paris em 1792 para defender o governo revolucionário. Em sua marcha de Marselha a Paris cantavam uma canção que passou a ser conhecida como La Marseillaise.

Aconselho os turistas que visitam a região Provence-Alpes-Côte d’Azur a conhecerem Marseille. Não levem tão a sério os discursos contra a cidade, mas também não relaxem muito não! É verdade que me senti quase no Brasil, com pobreza e muitos pedintes nas ruas. A situação de segurança que temos ao andarmos pelas cidades francesas não é sentida em Marseille. Para mim foi realmente como estar no Brasil – e o que isso agrega de bom e de ruim – com pessoas alegres, falando alto e cantando nas ruas; diversos artistas espalhados pela cidade, apresentando o mais variado tipo de música e estilo, que mostra bem esse caldeirão cultural que Marseille se transformou, considerada Capital Europeia de Cultura em 2013.

É importante ressaltar também que estou mal acostumada em La Garde (onde moro), onde o pedestre tem sempre prioridade.  Atravesso a rua sem olhar para os lados, porque tenho certeza que os carros vão parar. Se duvidar, ainda fazem um aceno e desejam um bom dia! Em Marseille a situação é completamente diferente. Senti isso logo que saí da estação de trem, ao tentar atravessar a rua, fui obrigada a esperar os carros, que insistiam em não ceder passagem. Tem algo mais brasileiro que isso???

DSC_0502

Mas na primeira parada já fui presenteada com uma vista de tirar o fôlego, no Vieux Port, o cartão postal mais lindo da cidade; que serviu de inspiração para os pintores Paul Cézanne e Auguste Renoir. Onde fica também o bairro Le Panier, onde foram gravados diversos filmes e séries francesas, que abriga os mais antigos monumentos de Marseille e atrai diversos artesãos, com suas lojas de sabonetes e fábricas de bombons. Seu porto antigo e charmoso, de onde saem os barcos para os calanques e as ilhas Frioul – onde está localizado o Château d’If, uma antiga prisão onde o Conde de Monte Cristo foi encarcerado, no romance de Alexandre Dumas (são minhas próximas duas paradas).

O charmoso Vieux Port

O charmoso Vieux Port

A cidade tem igrejas lindas (visitei algumas delas), mas a principal é Notre-Dame de La Garde, que do alto do morro protege a cidade – construída por Napoleão II em 1864 – a basílica é um lugar lindo, dedicado exclusivamente à Virgem Maria, com uma virgem dourada de 9,70 metros no topo do edifício. Da esplanada, pode‑se admirar a mais bela vista de Marselha; a Catedral Notre-Dame de la Major, com edificação do século XII; e a abadia de Saint-Victor, do século V.

Notre-Dame de la Garde

Notre-Dame de la Garde

Abriga também o Museu das civilizações da Europa e do Mediterrâneo (MuCEM) e o Fort Saint-Jean; sem falar de suas praias e do clube Olympique de Marseille que, infelizmente não consegui visitar porque seu estádio (Vélodrome – construído em 1937 para a então terceira Taça do Mundo de Futebol) estava em reformas. A cidade conta ainda com palácios; como o palais Longchamp, construído no século XIX, onde está situado o Museu das Belas Artes e de História Natural; ou o palais Pharo, antiga residência imperial contruída por Napoleão III, castelos, jardins e parques, como o surpreendente Parque Borely, que valem a pena a visita.

Fort Saint-Jean

Fort Saint-Jean

E aí, tem como não amar?

Categorias: França, Viagens | Tags: , , , | Deixe um comentário

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: